Programa de Voluntários das Nações Unidas (VNU)


O programa de Voluntários das Nações Unidas (VNU) foi criado pela Assembleia Geral da ONU em 1970 como um órgão subsidiário das Nações Unidas para funcionar como um programa operacional na cooperação para o desenvolvimento. Administrado pelo PNUD, o programa promove o voluntariado para a paz e o desenvolvimento, o que significa abordar o voluntariado em suas várias formas – ajuda mútua, filantropia e campanhas – sempre com o intuito de apoiar iniciativas alinhadas à agenda da ONU.

O programa VNU reconhece o voluntariado dentro da sua diversidade e entende que ele é universal e inclusivo, além de enaltecer os valores que o envolvem: escolha própria, compromisso, engajamento e solidariedade. Os efeitos do voluntariado beneficiam o conjunto da sociedade, assim como aumentam a confiança, a solidariedade e a reciprocidade entre cidadãos, por sua vez geradoras de oportunidades de participação.

No Brasil, o VNU atua desde 1998. É um programa em crescimento, de cooperação com projetos de diferentes parceiros em todo o país. O VNU está sempre em busca de pessoas qualificadas que cumpram serviços voluntários nesses projetos de desenvolvimento. Milhões de pessoas em todo o país já estão engajadas como voluntários em clubes, ONGs, igrejas, escolas, etc., e milhares de voluntários participam em projetos sociais de empresas privadas com o objetivo de melhorar as condições de vida em comunidades carentes, proteger o meio ambiente ou contribuir para atividades específicas.