2 Atingir o ensino básico universal

Nosso trabalho pelo Objetivo

Brasil

A busca pela universalização da educação primária no país tem focado na ampliação do acesso obrigatório. A percentagem de jovens de 15 a 24 anos com pelo menos seis anos completos de estudo passou de 59,9% em 1990, para 84% em 2012. Ou seja, a percentagem de jovens que não tiveram a oportunidade de completar um curso primário caiu para dois quintos do nível de 1990. Além disso, a desigualdade do acesso à escola pelas crianças de 7 a 14 anos foi superada graças às sucessivas políticas de universalização do ensino que reduziram radicalmente as restrições de oferta de serviços educacionais.


Mundo

A universalização da educação primária é uma meta que o mundo não alcançará até 2015. Segundo o Relatório de Desenvolvimento do Milênio 2013 da ONU, a garantia de que todos os meninos e meninas tenham oportunidade de terminar o ensino primário não será atingida, devido ao lento ritmo de expansão educacional e também por conta das significativas disparidades ainda existentes, principalmente em prejuízo das meninas e das crianças das zonas rurais. No entanto, mesmo com esse panorama, é possível apontar um progresso significativo desde 1990, tendo em vista que a percentagem de crianças que frequentam o ensino primário nos países em desenvolvimento passou de 80% para 90% em 2011. As taxas de alfabetização dos jovens, outro indicador destacado no Relatório, também melhoraram consideravelmente em todo o mundo, apresentando progressos na diminuição da desigualdade de gênero frente o acesso à educação.


Notícias

Figo e Nedved se juntam a Ronaldo e Zidane em Jogo Contra a Pobreza

Luís Figo e Pavel Nedved, além do lendário árbitro Pierluigi Collina, estão entre as mais recentes estrelas do futebol internacional que confirmaram presença no 9º Jogo Contra a Pobreza, no dia 13 de Dezembro.Liderados por Ronaldo e Zidane, a partida reun... Mais

-0.5 anos
até
o final de 2015

1990 2015
Metas para o Objetivo 2
  1. Garantir que, até 2015, todas as crianças, de ambos os sexos, terminem um ciclo completo de ensino básico.
    • Taxa líquida de matrícula no ensino primário
    • Proporção dos alunos que iniciam o 1º ano e atingem o 5º.
    • Taxa de alfabetização na faixa etária de 15 a 24 anos.
  2. Garantir que, até 2015, as crianças de todas as regiões do país, independentemente de cor/raça e sexo, concluam o ensino fundamental
    • Taxa de freqüência escolar líquida das pessoas de 7 a 17 anos, por grupos de idade e nível de ensino, segundo sexo e cor/raça – Brasil e grandes regiões
    • Taxa de freqüência líquida das pessoas de 7 a 17 anos de idade, segundo os quintis de rendimento familiar mensal per capita
    • Taxa média esperada e tempo médio de conclusão da 4ª e da 8ª série do ensino fundamental
    • Indice de adequação idade-anos de escolaridade, da população de 9 a 16 anos, por regiões geográficas
    • Resultado do Saeb em língua portuguesa na 4ª série do ensino fundamental, por redes de ensino, em escolas urbanas
    • Resultados do SAEB em matemática na 3ª série do ensino fundamental, por redes de ensino, em escolas urbanas
    • Taxa de alfabetização das pessoas de 15 a 24 anos de idade, segundo sexo, cor/raça e situação do domicílio – Brasil e Grandes Regiões