Atlas agrega informações para colaborar com indústrias mineradoras no alcance dos ODS

Objetivo do mapeamento de dados é apresentar os impactos da atividade do setor para focar no cumprimento das metas da Agenda 2030.

14 Outubro 2015

do PNUD

Mapear os efeitos da atividade de mineração e conectá-los aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 foi a proposta de um estudo elaborado durante os meses de junho e agosto de 2015, por membros de governos, academia, setor privado e instituições financeiras ligadas à mineração. Responsáveis por mais de dois milhões e meio de empregos em todo o mundo, as indústrias ligadas à área têm um impacto direto no cumprimento das metas que passam a valer a partir de 2016.

De acordo com o Conselho Internacional de Mineração e Metais, o setor abrange entre 60% e 90% de todo o investimento estrangeiro feito em países de baixa renda; 30% e 60% do volume exportado; entre 3% e 20% das receitas governamentais e 1% a 2% da geração de empregos nos países consultados.

No entanto, a mineração também contribuiu com muitos dos problemas que serão enfrentados com os ODS: degradação ambiental, deslocamento de pessoas, aumento da desigualdade econômica e social, conflitos armados, violência baseada em gênero, entre outros. 

O objetivo do Atlas é propiciar ao setor ferramentas para o cumprimento dos ODS. Entre os 17 objetivos, seis foram citados como fundamentais: água potável e saneamento; energia limpa e acessível; trabalho decente e crescimento econômico; indústria, inovação e infraestrutura; ação contra a mudança do clima e vida terrestre.

Temas como vida na água, igualdade de gênero, fome zero e cidades e comunidades sustentáveis também devem ser levados em conta por empresas do setor, pelo impacto indireto das atividades. Parceria, paz e justiça, saúde e bem-estar, consumo responsável, educação de qualidade, redução das desigualdades e erradicação da pobreza são tópicos de impacto moderado da extração de minérios, de acordo com o estudo. 

Outro foco do Atlas foi assegurar a necessidade de parceria entre o setor público e o setor privado da área de mineração para o cumprimento dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e contribuir para o alcance das metas a nível local, nacional e internacional. 

O Atlas catalogou mais de seis mil empresas no planeta, que trabalham direta ou indiretamente com o setor de mineração.

Participaram da elaboração do Atlas integrantes do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), do Fórum Econômico Mundial, da Rede de Soluções para o Desenvolvimento Sustentável e do Centro de Investimento Sustentável da Universidade de Columbia. 

Agenda 2030

Os 17 ODS, acordados pelos chefes das 193 nações que fazem parte das Nações Unidas, agregam agendas para todos os países. Mais de sete milhões de pessoas participaram das consultas para a definição dos temas da Agenda 2030, por meio da maior consulta pública mundial feita até o momento. Com um escopo global e ambicioso, os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável dependem da participação ativa de toda a sociedade. 

Tabela de indicativos.

Tabela de indicativos.

Desenvolvimento Sustentável - Meio Ambiente - Iniciativa privada - ODS