Aberto primeiro edital para bolsa em homenagem a Sergio Vieira de Mello

Candidaturas podem ser enviadas até o dia 12/02/2014. Primeiro edital abre vagas para gestão de infraestrutura rural no Haiti e fortalecimento de políticas de segurança alimentar no Paquistão

Mais informações:

Rosana Miranda – Coordenação-Geral de Ações Internacionais de Combate à Fome
rosana.miranda@itamaraty.gov.br

Marta Mauleon – Programa de Voluntários das Nações Unidas
marta.mauleon@undp.org

16 Janeiro 2014

do PNUD, com informações do Itamaraty

Foi lançado esta semana (16/01) o primeiro edital da bolsa Sergio Vieira de Mello, criada para apoiar o trabalho de jovens brasileiros em projetos humanitários pelo mundo. A bolsa, que será oferecida pelo Brasil em parceria com o Programa de Voluntários da ONU tem como meta financiar a participação, por um período de um ano, de jovens brasileiros, recém-egressos da universidade, em ações humanitárias. 

O objetivo principal da bolsa é ampliar a participação de brasileiros nos projetos de cooperação humanitária das Nações Unidas, além de promover dentre os jovens profissionais do país maior interesse nas questões humanitárias e nos esforços para ajudar as pessoas em situação de vulnerabilidade em outros países. 

Edição 2014 da bolsa para voluntários da ONU

Este edital traz duas vagas, e o envio de candidaturas poderá ser feito até o dia 12 de Fevereiro de 2014. Para a edição de 2014, as duas vagas disponíveis selecionarão candidatos para atuar nas áreas de infraestrutura rural no Haiti e políticas de segurança alimentar no Paquistão. As vagas destinam-se exclusivamente a cidadãos brasileiros. 

Os candidatos selecionados já devem iniciar suas missões em Março deste ano, quando participarão de treinamento prévio na sede do Programa de Voluntários da ONU em Bonn, na Alemanha, antes de cumprirem os 12 meses em seus países de destino. Espera-se que os voluntários selecionados façam parte de um programa especial de UNV, apadrinhado pelo Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon. 

Para ter todos os detalhes das vagas disponíveis e das condições de candidatura, faça download das descrições das vagas aqui e aqui.

As vagas agora disponíveis para voluntários da bolsa são as seguintes:

1) Oficial de programas em Coordenação de Políticas de Segurança Alimentar
-País: Islamabad, Paquistão
-Duração: 12 meses
-Organização receptora: Programa Mundial de Alimentos 

São elegíveis candidatos com graduação nas áreas de Segurança Alimentar, Agricultura, Economia, Ciências Sociais, Relações Internacionais e disciplinas relacionadas.O candidato selecionado deverá servir como ponto focal para os esforços em curso do Programa Mundial de Alimentos junto ao Ministério Nacional de Segurança Alimentar e Pesquisa do Paquistão na gestão de políticas públicas sobre segurança alimentar e nutricional, mapeando as capacidades nacionais, propondo recomendações para uma política efetiva de segurança alimentar e nutricional e auxiliando em outras atividades relacionadas. É necessário que o candidato fale inglês fluentemente.

2) Voluntário em apoio à valorização de produtos agrícolas
-Local, país: Fort Liberté, Haiti
-Duração: 12 meses
-Organização receptora: Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura 

São elegíveis candidatos com graduação nas áreas de agronomia e engenharia agronômica ou com outras graduações que possuam especialização e/ou experiência relevantes. O candidato selecionado trabalhará no projeto "Melhoria da segurança alimentar no departamento do Nordeste", para contribuir com propostas de melhorias e inovações na cadeia produtiva agrícola do Haiti em termos de práticas, infraestrutura e equipamentos. É necessário que o candidato tenha ótimos conhecimentos de francês.

Em ambas as vagas, o candidato receberá uma bolsa mensal, além da cobertura dos custos de viagem, um auxílio para as despesas de chegada e de repatriação, seguro de saúde e de vida, além de treinamento e apoio à missão. 

Processo Seletivo

Os candidatos interessados cujo perfil corresponda aos termos de referência devem enviar seus currículos para o endereço eletrônico cgfome@itamaraty.gov.br (com cópia para marta.mauleon@undp.org) até o dia 12 de fevereiro de 2014.

Além dos critérios acadêmicos e de trajetória profissional e pessoal, a primeira fase da seleção levará em conta também a criatividade dos candidatos. Para isso, solicita-se que além dos currículos, os candidatos também enviem um curto vídeo (máximo 4 minutos) mostrando como podem contribuir para o projeto selecionado. Os candidatos podem fazer upload de seus vídeos em uma plataforma online (Youtube, Vimeo, Google Drive, etc) e compartilhar os respectivos links juntamente com o envio dos currículos.

O programa de Voluntários das Nações Unidas (VNU) foi criado pela ONU em 1970 como um órgão subsidiário das Nações Unidas para funcionar como um programa operacional na cooperação para o desenvolvimento. Administrado pelo PNUD, o programa promove o voluntariado para a paz e o desenvolvimento, sempre com o intuito de apoiar iniciativas alinhadas à agenda da ONU. Todos os anos o programa mobiliza mais de 7 mil jovens de 170 nacionalidades para servir como voluntários em mais de 140 países.

A Coordenação-Geral de Ações Internacionais de Combate à Fome do Ministério das Relações Exteriores (CGFOME) trata das ações de prestação de cooperação humanitária internacional do Governo Brasileiro, do tema da segurança alimentar e nutricional, tanto em sua vertente emergencial quanto estrutural, bem como dos temas de redução do risco de desastres, do diálogo com a sociedade civil, do desenvolvimento agrário, entre outros.

Cooperação Sul-Sul - Voluntariado - Haiti - Desenvolvimento Local - Agricultura familiar - Alimentação