PNUD abre dados de mais de seis mil projetos em portal de transparência

A partir deste ano, o portal contará com atualizações trimestrais de todos os projetos do PNUD em andamento

14 Janeiro 2013

do PNUD

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) lançou, no final de 2012, uma plataforma digital que permite o acesso público a dados de projetos em 177 países e territórios, com o compromisso de transparência total até 2013, em conformidade e até além de padrões internacionais.

“A transparência é uma prioridade para o PNUD, além de ser um elemento fundamental para a manutenção da confiança depositada em nós pelo público em geral e por nossos parceiros. Este portal on-line permite acompanhar as doações e ajuda nossos parceiros a gerenciar de maneira mais efetiva seus recursos”, disse Helen Clark, diretora mundial do PNUD.

“Estamos comprometidos em trabalhar de forma transparente e vamos continuar aumentando a quantidade, qualidade e intemporalidade de nossos relatórios para que nossos parceiros possam monitorar seus investimentos no combate à pobreza, no apoio ao desenvolvimento humano e nos processos que asseguram um futuro sustentável para todos”, disse.

O novo portal, open.undp.org, possui ampla gama de informações programáticas – desde receita e gastos até atividades e resultados – sobre mais de 6 mil projetos do PNUD em andamento pelo mundo, assim como aqueles que foram encerrados financeiramente em 2011, além de mais de 8 mil produtos e resultados.

Os usuários podem ordenar os projetos por área de atuação, fontes de financiamento e área geográfica para extrair dados detalhados sobre orçamentos, agências implementadoras e produtos esperados em áreas como governança e justiça, prevenção de crises e recuperação e meio ambiente e desenvolvimento sustentável.

O PNUD criou o portal como parte de sua adesão e implementação da Iniciativa Internacional pela Transparência (IATI). O portal foi financiado por uma contribuição de 225 mil dólares dos Estados Unidos, com participação orçamentária do PNUD.

A partir de 2013, o portal contará com atualizações trimestrais de todos os projetos do PNUD em andamento. Antes da abertura oficial de um portal na internet, o PNUD já havia publicado uma série de dados relativos a 2009-2010, também como parte da IATI.

O PNUD, como membro fundador da IATI, assumiu o compromisso de adesão total aos padrões de transparência até 2013, garantindo a publicação de dados financeiros e informações de projetos da maneira mais transparente e acessível possível.

A IATI é uma iniciativa voluntária de múltiplos participantes focada em facilitar o acesso, entendimento e uso da informação sobre desembolso financeiro para projetos humanirários e de desenvolvimento, para que isso se torne um catalisador do movimento que promove a transparência sobre estes fundos. 

Compromisso de longo prazo
A abertura dos dados de projetos de desenvolvimento auxilia os doadores e parceiros a tomar decisões mais bem-informadas e a definir marcos de progresso. Ela também apoia a pesquisa de acadêmicos, jornalistas, sociedade civil organizada e outros atores que buscam avançar na compreensão de questões globais.

Como membro do secretariado da IATI, o PNUD tem liderado ações com países parceiros e agências das Nações Unidas para promover o novo padrão de transparência em projetos de desenvolvimento e ajuda humanitária, fazendo com que isto se torne relevante no processo de planejamento de desenvolvimento, gerenciamento das finanças públicas, prestação de contas e outros processos em âmbito nacional.

Em outubro, uma agência líder na área de transparência para projetos de desenvolvimento e ajuda humanitária disse que o PNUD “teve bom desempenho” em suas ações de transparência. Publish What You Fund (Divulgue o que você financia, em português) classificou o PNUD entre as 10 primeiras de um total de 72 organizações no Índice de Transparência 2012. O PNUD “deve ser parabenizado por ter dado início à divulgação de suas ações nos registros da iniciativa desde novembro de 2011”, reiterou a organização.

O Índice de Transparência 2012 classifica 72 organizações que trabalham com desenvolvimento em 43 indicadores, a cada ano. Entre elas estão doadores bilaterais e multilaterais, assim como fundações privadas e instituições financeiras.
PNUD - Administração Pública